terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Amor

Era uma vez um deus forte e poderoso
que tinha o poder de abrir espaços para coisas novas nascerem.
era uma vez uma mulher frágil e simples
que tinha o poder de amar.
Ele não podia amá-la porque era deus e ela mortal.

Ela se sentiu menos do que era realmente
E teimosa, enfiou na cabeça que seria deusa
e por acreditar tão veemente
se tornou verdadeiramente luz

e o deus forte e poderoso se postou fragil diante dela

e ela se apresentou humilde,
lhe presenteando pétalas de amor
Ambos foram felizes para sempre...

Um comentário:

Natália A. disse...

Que lindo.

Minha Amelie preferida