Plantar, podar e colher




Na vida há o momento semente:
preparar a terra, afundar
a solidão da semente
na imensidão da terra.
Observar o broto meio sem jeito
despertar para o céu,
abrir-se e sorrir para a vida.

Há o momento da poda:
cortar o que não presta,
eliminando o que não serve mais.
Cortar, criar feridas que sangram,
mas que cicatrizadas
proporcionarão crescimento
aprendizado, desenvolvimento.
Mal necessário.

Há o momento de colher a vida:
aprender a receber o que se plantou,
trabalhar a colheita dos frutos.
Saber identificar o que deve ser colhido,
o que deve amadurecer mais.
Saborear os frutos do próprio trabalho.
Apreciar a beleza das flores do próprio suor.

A vida, meus amigos, é plantar, podar e colher.
Mas tudo isso só se torna possível
se regarmos a vida diariamente
com muito amor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saturno

Espera