Reflexões sobra a contemporaneidade



Estava aqui com meus botões
Pensando...
No poder que corrompe
o coração
a alma
a vida toda.
Indo mais fundo... 
a gente vê todo mundo
igual saco sem fundo
tentando encher o lugar
que antes ocupava o coração
com objetos, sapatos, bens,
um colosso de besteiras.
Indo além...
Você vê gente reclamando a rodo
que sente um vazio.
Aí fiquei aqui.
Pensando.
No poder que corrompe.
 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saturno

Mundo estranho