Só um coração

O coração couraça
Derretido dentro da armadura de ferro e aço
Choroso e partido
Finge-se sólido
Invencível

Mas ele não é de nada
Na sina amarga e armada
De bater esperas
Não serve para emoções líquidas
Nesse angustioso compasso.....desespera


É coração-ameaça
Neurótico, perseguido
Choroso, vencido

Coração que dói, sangra
Encolhido num canto do peito
Coração que tem medo de amar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Feito furacão

Espera

Eu queria