terça-feira, 15 de setembro de 2009


Hoje eu sou um jardim só
Mas não há quem veja minhas cores
quem respire meu perfume
que se alegre de meus encantos
E eu só queria ganhar um abraço...

Um comentário:

Pierre C. Cortes disse...

Pois terás mais do que o abraço.
O beijo do amigo que não te esquece.