domingo, 10 de fevereiro de 2008

Amigos I


A cor favorita dele sempre foi azul. Um dia, terno azul engomado, na Praça dos Amores, conheceu ela. E, obra do acaso, por causa de um baita tropeção, se olharam nos olhos. Ele ajudou ela com o braço. Ela gostava de azul. Em 1960, José Esaias e Avenildes subiram ao altar.


Esaías, o famoso jogador de futebol da Associação DEIAC, KASA e APARECIDA, técnico diplomado e respeitado na cidade de Itapetininga. é quem orienta, toma conta, tá sempre junto do time: "Vamos lá que nós vencemos!". Pose no jornal, já até bateu papo com João do pulo, o corredor famoso que já deu alegria demais para o Brasil.


Avenildes é mãos de ouro. Tudo o que ela toca se transforma: bolo quentinho, café fresquinho, lã na agulha, não para nunca. Tem os olhinhos pequenos quando sorri. Sempre menina


Dessa união, vieram os filhos Inês e Beto, criados sob a ternura do par de olhos azuis do pai e do abraço macio da mãe.


Hoje, casa cheia de netos e bisnetos, almoçam felizes aos domingos, sem esquecer da mistura (que não pode faltar) de arroz, feijão e salada. O dia só não é perfeito para o corintiano Isaías por um detalhe: "É que eu não gosto de salada!!!". Tudo bem tio! A gente fica no arroz com feijão!

Nenhum comentário: