Despedida

Você foi embora.
Deixou somente
uma canção triste
e uma foto de um sorriso amarelo.

Foi assim, sem mais,
sem nem dizer adeus.

Fiquei eu, toda enrolada
feito uma menina medrosa
com medo até de viver.

O sol dói lá fora.
A noite companheira chega
e me abraça,
me enche de escuro.

A solidão consola,
acompanha.
Como sou ingrata!
Ainda assim me sinto só.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saturno

Espera